Vaticano

(32) 3361-2025

Multimídia

Dízimo

A Quaresma de São Miguel Arcanjo: Origem e Significado

A Quaresma de São Miguel Arcanjo: Origem e Significado
A fé católica é repleta de ricas tradições e devoções que têm como propósito aproximar os fiéis de Deus e da vida celestial. Uma dessas tradições é a Quaresma de São Miguel Arcanjo, período de quarenta dias dedicados à oração, jejum e penitência em honra ao Arcanjo celeste, defensor das almas e combatente contra as forças do mal. Este artigo busca apresentar a origem e o significado desta devoção, incentivando os fiéis da Paróquia Santana de Carandaí a se engajarem com fervor e devoção. 

 

Origem da Quaresma de São Miguel
A devoção a São Miguel Arcanjo tem suas raízes na tradição cristã desde os tempos bíblicos. As Escrituras mencionam São Miguel várias vezes, destacando seu papel como defensor do povo de Deus. 
A prática específica da Quaresma de São Miguel é tradicionalmente associada a São Francisco de Assis. Conhecido por sua profunda espiritualidade e amor à criação, São Francisco também tinha uma especial devoção aos anjos, particularmente a São Miguel. Seguindo esse espírito devocional, ele se retirava para oração, meditação e penitência durante quarenta dias antes da festa de São Miguel, iniciando na festa da Assunção de Nossa Senhora em 15 de agosto e culminando na festa de São Miguel em 29 de setembro. 
Ao longo dos anos, essa prática de São Francisco foi adotada e adaptada por muitos fiéis, solidificando-se como a Quaresma de São Miguel que conhecemos hoje. 
 
Significado e Práticas
O principal objetivo da Quaresma de São Miguel é buscar proteção contra os males espirituais e fortalecer nossa relação com Deus. São Miguel, sendo o principal defensor do céu, é invocado para nos ajudar em nossas batalhas espirituais diárias. 
Durante estes 40 dias, os fiéis são encorajados a: 
 Orar: As Orações próprias a São Miguel Arcanjo, Ladainha e Consagração, além da oração do Santo Rosário.
– Jejuar: O jejum, seja de alimentos ou de certos hábitos, ajuda a fortalecer o espírito e a nos purificar.
– Praticar a caridade: O amor ao próximo é um sinal claro de nossa devoção a Deus.
   
A Quaresma de São Miguel Arcanjo é uma oportunidade para nos conectarmos mais profundamente com nossa fé e com o mundo espiritual. Enquanto enfrentamos desafios diários, tanto físicos quanto espirituais, São Miguel serve como um lembrete poderoso de que não estamos sozinhos em nossa luta. Que esta devoção inspire os fiéis da Paróquia Santana de Carandaí a buscar uma conexão mais profunda com Deus e a encontrar força e proteção no Arcanjo celeste! 

Compartilhar

Relacionados

Tríduo e Festa da Santíssima Trindade na Comunidade Cachoeirinha

Assine nossa news

ATENDIMENTOS

Atendimento secretaria:

Segunda a sexta-feira
de 8h às 11h30 e
de13h às 16h30

Copyright Paróquia de Sant’Ana de Carandaí ©. Feito com por
Copyright Paróquia de Sant’Ana de Carandaí ©.
Feito com por