Vaticano

(32) 3361-2025

Multimídia

Dízimo

Batismo

Muitas vezes, as pessoas procuram o batismo por tradição, superstições ou com uma ideia rasa do sacramento. Mas o Batismo é uma das maiores graças que Deus concede ao homem, pois é a partir dele que renascemos, somos Iluminados e regenerados para a verdadeira vida, isto é, com o Batismo descobrimos o porquê de nossa existência: vivemos para Deus, morrendo para o pecado (cf. Jo 3,1-8; Rm 14,8). Somos peregrinos em busca do céu e, enquanto estamos nesta vida, somos chamados a viver a santidade, a seguir Jesus, e todo esse caminho começa com o Batismo. Toda essa realidade é possível, por que Cristo matou o pecado na cruz, ressuscitando, nos abriu novo horizonte (cf. Rm 6, 2-6), e ordenou aos Apóstolos a prática desse sacramento (cf. Mt 28,18). A Igreja é a mediação estabelecida por Deus, por meio de seus ministros, a fim de que ele leve a graça batismal até o coração da pessoa humana. Enfim, a celebração do Batismo, como Ritual da Igreja, é uma riqueza simbólica, existencial, catequética e eclesial.

O Sacramento do Batismo é celebrado todo 3º sábado do mês na Igreja Matriz de Sant’Ana.

Antes é preciso observar alguns aspectos:

  1. É preciso ter a esperança de que a criança será educada na fé cristã católica por aquele (a) que apresenta a criança, contendo a ajuda dos padrinhos. Se não houver essa esperança, é preciso adiar o sacramento.
  2. Atingida a idade de 7 anos, a criança realiza a preparação catequética para o Batismo e 1ª Comunhão. Sendo adultos, já se faz uma preparação diferente a partir do Catecumenato. Informações na secretaria.
  3. Quando a pessoa foi batizada em outra igreja, é preciso conferir a matéria e forma usadas na outra igreja. Muitas vezes, não é preciso realizar o Batismo, uma vez que já recebeu Batismo válido, contendo a mesma intenção da Igreja. Esse discernimento será auxiliado pelo pároco.
  4. No caso do Batismo de crianças, há uma preparação dos pais e mães, padrinhos e madrinhas em caráter obrigatório, a fim de serem instruídos sobre o verdadeiro significado do sacramento do Batismo e as obrigações com Deus e a Igreja dele decorrentes. A preparação é válida por dois anos e pode ser feita antes do nascimento da criança.
  5. Os padrinhos e madrinhas sejam pessoas exemplos de vivência cristã católica, de mais de 16 anos, tenham sido crismadas, recebido a primeira comunhão eucarística e, se houver vínculo conjugal, tenham recebido o sacramento do Matrimônio. Os padrinhos têm a missão de ajudar os pais ou responsáveis diretamente na formação cristã da criança. Por isso, algumas exigências precisam ser observadas, a fim de que não se desfoque do verdadeiro sentido dos padrinhos.

Os documentos apresentados na secretaria paroquial, para começar a preparação, são:

Certidão de Nascimento;
Nome, endereço, data de nascimento e telefone dos pais e padrinhos.

Abaixo se encontra o Ritual de Batismo de Criança usado na Paróquia de Sant’Ana, para conhecimento dos fiéis e uso da Pastoral do Batismo nos encontros de preparação.

Folheto do Batismo

Assine nossa news

ATENDIMENTOS

Atendimento secretaria:

Segunda a sexta-feira
de 8h às 11h30 e
de13h às 16h30

Copyright Paróquia de Sant’Ana de Carandaí ©. Feito com por
Copyright Paróquia de Sant’Ana de Carandaí ©.
Feito com por