Vaticano

(32) 3361-2025

Multimídia

Dízimo

Ordenação Diaconal: “Corações ardentes, pés a caminho” 

Ordenação Diaconal: “Corações ardentes, pés a caminho” 

  

Neste sábado, dia 25 de novembro, na Catedral de Mariana, Dom Airton presidirá a ordenação diaconal dos seminaristas Carlos Geovane, Fabrício e José Mário. A celebração, marcada pelo lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24,32-33), coincide com o encerramento do Ano Vocacional no Brasil, prometendo ser um momento de reflexão e renovação espiritual. 
O ministério diaconal, enraizado nas origens do cristianismo, remonta aos apóstolos, as colunas fundamentais da Igreja. Inspirados pelos Doze, os discípulos inicialmente escolheram os primeiros sete diáconos, dedicados ao cuidado dos necessitados. O livro dos Atos dos Apóstolos testemunha a ordenação destes primeiros diáconos através da imposição de mãos pelos apóstolos (Atos 6,6). Dessa forma, o ministério diaconal é uma expressão do serviço à comunhão da Igreja, uma tradição transmitida pelos apóstolos aos bispos. 
As funções centrais do diácono são a caridade, o anúncio da Palavra e o serviço no altar. O compromisso com a caridade se manifesta no serviço aos pobres, cumprindo a promessa do Salmo 111: “Feliz o homem caridoso e prestativo”. No momento da ordenação, o diácono recebe das mãos do bispo o livro dos Evangelhos, simbolizando seu papel como mensageiro da Palavra de Cristo. Além disso, o diácono assume a responsabilidade no serviço do altar, participando ativamente na celebração eucarística, integrando-se à comunhão do Corpo de Cristo – Eucaristia e Igreja. 
A grandiosidade dessa missão reside na associação íntima com Jesus Cristo, que se fez servo e deu a Sua vida por amor. A preparação para esse serviço requer promessas solenes feitas pelos eleitos durante a ordenação. Compromissos como o abraço do celibato “por amor do Reino dos céus”, a oração fiel da Liturgia das Horas em favor do povo de Deus e do mundo, e a vivência do respeito e obediência ao bispo diocesano e seus sucessores são fundamentais nesse caminho. 
Ao serem questionados se desejam imitar sempre o exemplo de Cristo em suas vidas, respondem com firmeza: “Quero, com a graça de Deus!”. É a graça divina que impulsiona esses eleitos a trilharem esse caminho desafiador. Assim, como os discípulos de Emaús, eles clamam: “Fica conosco, Senhor! Nossos corações ardem por Ti, que nossos pés ponham-se a caminho para anunciar-Te!”. 
Neste momento de alegria e comprometimento, a Paróquia de Santana convida toda a comunidade a se unir em oração e celebração, testemunhando a dedicação desses futuros diáconos ao serviço da Igreja e da humanidade. Que a graça de Deus os acompanhe em sua jornada vocacional e que a comunidade possa ser enriquecida por seu generoso serviço. A Ordenação Diaconal acontecerá neste sábado (25/11), às 10h, na Catedral de Mariana, e será transmitida pelo Youtube da Arquidiocese de Mariana.  

Compartilhar

Relacionados

São Cristóvão: O Gigante Gentil que Carregou Cristo